o teste do cubo

teste fantástico! clique na imagem e você será redirecionado à url do teste: 

 banner-thahy1

About these ads

  1. 1 – Deserto de areia fofa, fina e branca, pela manhã um deserto apenas de dunas e céu azul.

    2 – Vejo um cubo se aproximando, ele é colorido e do tamanho de um puf de sentar pareçe ser pesado mas apesar disso está flutuando, é colorido pareçe de couro é um cubo alegre.

    3 – Epareçe um escada simples, de aluminio e com dez degraus que tem a base na areia o topo encostado no cubo flutuante.

    4 – Derepente estou em um cavalo branco, com uma crina enorme de fios lisos é um cavalo grande da minha autura em que montado nele eu alcanço o cubo.

    5 – Uma enorme tempestade agita a cena, onde o cavalo me derruba e o cubo e a escada caem e se afastam, é um tempestade de nuvens escuras e está distante de mim mas que lança goticulas de agua, trovoadas e e ventos muito fortes.

    6 – São muitas flores de diversas cores separadas em grupos encima de um grama verde as minhas costas.

    (eu adorei esse teste Thahy.

  2. Teste interessante, gostei… Eis minhas respostas, o que significam?

    O deserto é feito de areia fina, que voa baixo com o vento leve. Há grandes dunas. É de tarde, entre 4 e 5hrs. A luz do sol cria um belo contraste entre a parte iluminada e a parte sombreada das dunas. A luz ainda dá uma cor de caramelo à areia, junto com suaves tons de amarelo.

    O cubo está na areia, perto de mim. Ele é feito de cristal, é azul e cristalino, mais ou menos do tamanho de minha mão, reflete bem quase como um espelho, é sólido, leve e polido. Tanto mesmo que brilha sob a luz do sol.

    A escada é de pedra, está perto do cubo, e leva a uma caverna subterrânea. Tem poucos degraus, mas firmes apesar da idade. A caverna é seca e segura, embora escura.

    O cavalo é branco com pequenas manchas bege, tem uma longa crista e uma longa cauda. É um belo animal. Está parado não muito longe, mas bate uma das pernas no chão, como se quisesse dizer alguma coisa. Parece inquieto, espero que não comigo.

    A tempestade está no horizonte, eu posso vê-la do alto de uma das dunas do meu deserto. É uma monção. A nuvem de tempestade é enorme e escura, está muito baixa e dela cai uma chuva torrencial, mas que embora violenta é vital para o solo daquela região. Há raios e trovões, mas sempre me encantei com eles e sua rápida beleza elétrica. Energia pura em estado natural.

    As flores estão num pequeno oásis. Existem muitas delas, de todos os tipos e cores, muito mais do que posso identificar. Entendo de biologia animal, não vegetal… Ah, e há uma palmeira entre as flores, fornecendo sombra para elas.

  3. Ok Ok la vai …
    Deserto) Muito seco, está de noite e a areia nem um pouco umida o.O
    Cubo) O meu cubo está em cima de uma pedra, um pouco longe de mim, ele é feito de madeira (aquela madeirinha branca), ele é bonito porem oco.
    Um cubo: Fragil, Enigmático, Brilhoso, Bonito e único.
    Escada) Está proxima ao cubo, é grande e feita de aço, com uma base sólida no solo desse deserto e contem 8 degraus.
    Cavalo) Negro, não está fazendo nada apenas com o olhar fixo em minha direção é grande, forte e muito bonito e vistoso para finalizar possui uma cela.
    Tempestade) A tempestade é muito forte, porem não atrapalha/atinge o cubo, a escada e o cavalo.
    Flores) Por mais que eu esteja em um deserto existe rosas vermelhas perto de mim, em uma quantidade muito boa e isso me deixa feliz!

    E ai mana como foi? oO

  4. posso pensar nas flores como dinheiro??? eu imaginei um lugar com muitas, mas, muitas, muitas mesmo, cheio de flores…. ¬¬’

    haushuahsuahaaaa…

  5. hahaha… ow dri… plantas ja é um estimulo aversivo pra ti, ne?!

    afinal…além de trabalhar com elas…tb tem q imaginá-las… tenha do :D

  6. que medo desse teste…

    minhas respostas foram:

    1. igualzinho ao do texas. parece nao ter fim, com montanhas e uma estrada enorme e larga que eu nao sei onde vai dar.
    2. no chao. longe. na linha do horizonte. é de plastico. pequeno, mas pesado. amarelo, solido e ta parado.
    3. depois do cubo. é uma escada de bombeiros, de aco. tá no chao, perdida por ali. tem 10 degraus.
    4. é marrom e tá correndo, parece de compedicao. se aproximando aos poucos da escada. nao usa nada e é adulto.
    5. tipo um furacao. longe mas aproximando. o cavalo se assusta, o cubo voa e a escada ainda ta no mesmo lugar. sem chuva, so um vento forte.
    6. so cactos. em quase todos os cantos, mas principalmente perto da estrada. verdes e alguns meio amarelados.

    é.. deu certo.

  7. Muito louco o texto, minhas respostas foram…

    Deserto vasto de noite, tudo muito calmo quase estatico, o cenario meio azulado

    bem no meio do cenario um cubo gigante flutua sobre a areia, ele é metalico e suas cores correspondem ao azulado da noite refletindo o céu estrelado,

    ao seu lado uma pequena escada dobravel de madeira com uns cinco degraus de cada lado firme bem a direita do cubo. seu topo tangencia a altura do cubo

    do outro lado simetrico a escada um cavalo gigante do mesmo tamanho do cubo permanece imovel sem nada e o olhar firme em direção ao cubo

    ao fundo uma tempestade de relampagos se anuncia, mas os elementos permanecem inalterados

    e bem abaixo de onde o cubo flutua uma pequena margarida branca acaba de brotar

  8. Bacana esse teste! Eu respondi assim:
    deserto – terreno com elevações, dia ensolarado, céu azul, areia amarela e fofa.
    cubo – no chão, metálico, oco, grande e bonito.
    escada – perto do cubo, de madeira, muitos degraus, estilo antigo
    cavalo – castanho, grande, bonito, assustado, celado, longe da escada e do cubo esperando alguém
    tempestade – longe, escura, parece que não vai chegar aos objetos.
    flores – perto de cubo, pequenas, rosadas, simples e perfeitas

  9. Gostei do teste também!
    Aí vão minhas respostas

    Deserto – Areia lisa, com dunas, começo da manhã, dia claro.
    Cubo – Aquele cubo mágico tradicional, flutuando, liso, grande, sólido, brilhante e pesado.
    Escada – De madeira, sólida, uns 20 degraus, logo atrás do cubo, levando pra lugar nenhum…
    Cavalo – Preto, grande, bonito, parado perto (e ao mesmo tempo longe o.O) do cubo, sem nenhum equipamento
    Tempestade – longe, mas vindo, passa só fazendo o cavalo abaixar a cabeça, mas sem deixar nenhuma marca depois.
    Flores – tulipas e rosas vermelhas, um tipo de cada lado do corrimão da escada, uma pra cada degrau.

  10. Deserto – cheio de rachaduras, está de tarde e o sol brilha bastante.
    Cubo – de acrílico, bonito e elegante, ele é grnade e fica no centro, flutua e às vezes muda lentamente de lugar, ele é oco.
    Escada – De madeira, está pintada de branco, uns 6 degraus, na direção lateral do cubo, porém mais distante.
    Cavalo – Marron com bolinhas brancas, ele corre em volta da escada e às vezes pára e fica olhando o cubo. Quando o cavalo olha o cubo começa a girar. O cavalo não tem nenhum equipamento.
    Tempestade – perto, repleta de papeis prata, a tempestade se aproxima e cada vez que ela fica mais perto. Os outro objetos começam a brilhar e ficam coloridos. O cavalo fica com um cheiro forte e ruim.
    Flores – são margaridas e flores do campo, muitas flores. O cavalo aparece com uma flor diferente na boca e olha pra mim como se estivesse sorrindo.

  11. Também gostei muito deste teste, apesar de ter tido dificuldades em interpretar os resultados.
    Imaginei um inifnito deserto, de areia muio amareal, que contrasta com o azul negro e profundo da escuridão da noite que é, porém, pontilhada por pequenos brilhos de estrelas.
    Junto de mim está um pequeno cubo, de vidro fosco, quase esbranquiçado, que contrasta com o amarelo da areia fina do deserto. Parece oco, mas, contudo, não consigo ver o seu interior. Adjectivos? Brilhante, Pequeno, Estático, Fosco, Simples
    Surge, ao lado do cubo, mas com a sua base enterrada na areia, uma escada de madeira, inclinada, com cerca de 5 degraus. O cavalo surge como destino da escada, que se apoia no dorso do cavalo branco. É livre, mas permanece parado, fintando os seus olhos brilhantes e profundos nos meus.
    Suge uma tempestade,ao fundo. Apenas se vê a tempestade porque o azul escuro da noite dá lugar a um tom de cinza das nuvens da tempestade, que se encadeiam pelos raios luminosos que surgem de vez em quando. Não há chuva nem vento, e por momentos o cavalo olha a tempestade, que se reflecte nos seus olhos brilhantes.
    Uma flor nasce ao meu lado. É um girassol, muito vivo, e muito grande. Está ligeiramente inclinado para a frente e parece dançar, mesmo na ausência do vento.

  12. TODO MUNDO QUIS COMENTAAAARRR
    inclusive eu!
    rs

    Estou num deserto de manhã, bem cedo. A areia é bem branquinha e fina. O sol ainda não está insuportável, com a brisa da manhã refrescando.
    Vejo um cubo há 20 metros. Ele está no solo, é feito de metal, bastante denso, pesando umas 2000T, é perfeitamente liso, polido, cinza metálico, possui 10 metros de altura, sólido, parado.
    Sólido, inesperado, atraente, precioso, irremovível.
    Há também uma escada que leva ao topo do cubo. A escada é simples, de madeira, encostada na face do cubo, bem apoiada no chão, possui 40 degraus.
    Também vejo um cavalo branco, cavalgando tranquilamente no horizonte, a leste do cubo, com o sol como plano de fundo. Totalmente livre de acessórios, o cavalo parece ter um tamanho normal, porém avantajado. Ele cavalga em direção ao norte.
    A oeste do cubo, no horizonte, ocorre uma tempestade que não afeta nenhum dos objetos no deserto. Está tudo muito escuro e a ventania toma conta da cena, com bastante chuva.
    Vejo flores logo à frente do cavalo e ele cavalga em direção a elas. Flores que formam um vasto campo, rosas bastante vermelhas.

    Interessante…

  13. Bom , ruim ou médio? rs
    Não faço idéia
    Ai vai:

    O Deserto
    O deserto é plaino, amarelo escura…, quase laranja. A areia é grossa e imóvel. Parece uma tarde de verão depois de uma leve chuva. Me trás sensação de tranqüilidade.

    O cubo
    O cubo está encima do único monte de areia que há no deserto.Ele é enorme. O cubo é cor de prata. Sólido…Consigo ver dois lados. O lado direito é mais claro, como prata polida. O outro é mais escuro. A quina do cubo que divide os lados está exatamente voltada em minha direção.

    A escada
    A escada é da cor prateada e reluzente…assim como o cubo. Está do lado direito, um pouco atrás do cubo. Uns 4 degraus ficam escondidos pela metade. Ela aponta para o céu. Não consigo contar os degraus.

    O cavalo
    O cavalo é dá cor do deserto (amarelo escuro). A crina e o rabo são da cor marrom. O cavalo têm a mesma altura do cubo e está à frente dele…mais para o lado esquerdo.

    A tempestade
    A tempestade está muito distante. Não afeta nenhum dos elementos. Próximo a tempestade o céu é nublado e escuro. Só um raio desce cortando no meio da tempestade. A imensa maioria das nuvens são brancas só as encima da tempestade são escuras.

    As flores
    Flores são rosas e pequenas, em torno de 10. Ficam bem mais à frente que todos os objetos e para o lado direito. localizadas mais a baixo do monte de areia

  14. Pingback: Teste! Teste! Teste! « i η t e η s i d α d e

  15. Deserto vazio, ensolarado, sem nuvens, céu azul, pequenas dunas de areia fina, quase dourada.

    Cubo próximo, pequeno (uns 15cm), de metal sólido porém relativamente leve. É prateado e está na areia, parado. Dá a impressão que “me diz” algo, que tem algo por dentro, mas preciso entender como abrir. Ele é brilhante, causa estranhamento, parece indestrutível e perfeito.

    A escada é de granito, com pequenos leões esculpidos na entrada e relva subindo timidamente na base encravada na areia. Tem alguns degraus (uns 10 ou 20), não contei, e não dá pra ver onde chega, já que há uma espécie de neblina encobrindo logo no início.

    O cavalo é marrom escuro, com crina e rabo negros, imponente, mas andando devagar, quase cabisbaixo, muito distante de onde estou. Há alguma espécie de arreio nele, mas não consegui visualizar. Sem celas.

    A tempestade é muito distante e me causa medo, mas não parece chegar onde estou. Há raios e muito vento, quase um furacão. Não afeta em nada os outros elementos.

    As flores aparecem bem ao meu lado. São arbustos cobertos de rosas vermelhas e amarelas, grandes e de cores vibrantes. São os elementos mais próximos de onde estou. (tenho uma irmãzinha de 6 anos que quase não vejo e só, de crianças próximas. Queria ter filhas em meu casamento, mas não as tive e nem sei se quero mais ter)
    :)

  16. bem… vâmulá: (mêda)

    ainda bem q fui *anotanto* T U D O

    *eu de frente a uma duna, é fim de tarde e o meu deserto é de areia fofa e macia, cheio de nuances* (como um hedredom afofado). eu de frente a uma duna e no topo dela um *cubo enorme flutuando a alguns cm do chão. o cubo é enorme ( +- 10m/10m/10m), branco, maciço, gelado (como se fosse de mármore, de um material nobre e completamente fora do contexto do deserto)* e por último eu escrevi *inacessível (?)*. exatamente assim msm q eu escrevi: com um ponto de interrogação entre parênteses… *é como se o cubo fosse algo de outro planeta*, algo admirável, de uma outra dimensão (ou desse acesso a ouytra dimensão).

    *a escada é de madeira rústica, como as de pintor de paredes. ela está no pé da duna (ao meu alcance) e ñ vejo seu fim – infinita, rumo ao céu, ela pode me tirar do deserto*. mas eu ñ subi…

    *cavalo árabe, marrom escuro de crina e cauda negras (cavalo tem cauda ou tem rabo???). forte, nobre, ele está ali p/ me ajudar, p/ se juntar à mim. (alado?) ele me chama, está lá p/ “mim”. sem adornos, bela cauda, crina impecável.* escrevi exatamente assim…

    *a tempestade está ao fundo, à direita no horizonte, indo embora* (como se ñ tivesse passado por mim ou por onde estou), *céu mto pesado, negro, ñ afeta nada!!!*

    *flores delicadas e coloridas num pequeno jardim* do tipo exóticas e poucas. eu sentada nesse pequeno jardim.

    olha só… antes do teste do cubo, respondi àquelas 60 perguntas e o resultado ( INFP ) fez c/ q eu me sentísse ´desmascarada e um pouco violada…`
    depois faço esse do cubo… será q eu ainda tenho chance de conserto???
    (Q RAIOS É INFP?)

    btw, seu blog é de uma delicadeza e singularidade tocantes…

    *

  17. hey thahy psy

    agora vc tem q fazer o seu trabalho neh??
    jah q tanta gente se “revelou” pra vc, interpreta pra gente ai
    mas sem cobrar tao caro ta??

    hhehehee

    grande abraco senhorita
    e cuidado com o cavalo negro, selvagem, indomável (será??), forte, viril, destemido, veloz….. (e continua….)
    haeiuhaeiuaehiuaehiueh

    pax

  18. Deserto – É arenoso, dunas muito altas, é fim de tarde, quase noite, não está quente, corre uma brisa morna, vejo tudo meio alaranjado. O Sol está a minha esquerda…

    estou no que parece uma parte mais estável do deserto, as grandes dunas estão próximas, mas não muito…. o cubo está a minha frente….

    Cubo – cerca de 20 metros de distância de onde estou, está no solo, não é grande…. mede cerca de 50cm cada aresta…. é escuro… entre o cinza grafite e o preto, é feito de metal, é muito pesado, se eu tentar vou conseguir ergue-lo mas com certa dificuldade, é oco, mas não tem aberturas, e por isso não sei a espessura de cara “parede” do cubo.
    Suas faces são lisas, mas opacas, ele é bastante quente…
    PARADO, ESCURO, QUENTE, PESADO E AGRADÁVEL AO TOQUE.

    Atrás de mim tem uma escada…

    ESCADA – … é uma escada de madeira… tipo as da entrada das mansões dos filmes, em movimento ascendente circular, formando um meio círculo. É uma escada muito antiga, mas muito bem conservada, não é envernizada, mas é brilhosa… tem um corrimão, mas somente na parte externa… só toca o chão em sua base, e seu topo não leva a nenhum piso superior, simplismente acaba, são muitos degraus, pois ele é bastante alta… seus degraus são largos e baixos….

    Um cavalo vem caminhando e se aproxima do cubo…

    CAVALO – É um cavalo marrom muito escuro, da cor de pó de café…. é esguio, alto, e se aproxima do cubo para cheira-lo… sua crina é longa e brilhante… usa um freio antigo todo de couro negro, não tem sela… é um cavalho aparentemente arredio e desconfiado, mas sei que seu eu me aproximar, ele primeiro vai se afastar e depois curioso vem para junto de mim…..

    Quando olho para minha direita vejo no horizonte o que parece ser uma tempestade….

    TEMPESTADE – nuvens escuras e carregadas…. vejo raios, relâmpagos, mas não cai uma gota de água…. venta, mas nada muito forte, o que eu acho estranho….. a tempestade está parada…. não se move….

    … e depois de notar a tempestade que percebo que também a minha direita, está algo como se fossem flores… me aproximo e vejo que realmente são flores…

    FLORES – Estão cercando toda a margem norte de um pequeno lago… são liseantus… todos de uma tonalidade de violeta muio clara… e algumas angélicas, que ao me esforçar sinto seu perfume….

    Caramba…. depois que li o significado de cada coisa me arrepiei….. interessante este teste…….

    E Parabéns Menina Bonita…. seu blog é uma delícia de passeio…..

  19. Meu deserto é de gelo e cristais finos. extremamente plano, sem nenhuma depressão ou duna. É noite, mas tem um Sol, a Lua e os planetas, todos enormes junto das estrelas. E tem aquele tipo de silêncio que dói os ouvidos.

    O cubo é um cristal, com dois milímetros ou menos de aresta, transparente, tem uma substância energética que parece que vai explodir, mas não explode. É destruidor, caótico, desenfreado, cósmico e inútil.

    A escada se forma dos cristais de gelo, e eu decido subí-la. A cada degrau que avanço, dois desaparecem na base da escada, então eu corro escada acima, e esta continua até o horizonte, mas os degraus desaparecem sobre os meus pés, então vem…

    O “Pesadelo Voador” (alguém lembra do cavalo sem asas voador do Vingador, de Caverna do Dragão? ), que me segura do alto em seu galope. Ele seu pêlo é vermelho, com a crina e o rabo dourados. Cospe chamas e labaredas circundam suas ventas. Ele se esforça para me retirar de sua garupa, e brigamos. Ao final, o esforço o mata, e eu levo o escalpo como meu troféu.

    Os céus então se enchem de ira, e aparecem furacões, relâmpagos, meteoros, as estrelas caem e chove torrencialmente, mas eu passeio alegremente entre eles, dando graças pelo fim do silêncio, pulando nos ventos cortantes dos furacões, com o rosto enlameado…

    Mas a tempestade cessa, quando a terra de gelo e cristais se torna espetada, crescem grandes lotus de cristal, ende eu caio e me firo mortalmente… Ando, embora ensanguentado e cada vez mais espetado, cada vez menos consciente rumo ao sem fim de tortura do jardim.

    (((Eu preciso de um psiquiatra e um neurologista… Oo
    Se eu entendi certo: minha vida é árida, fria (aqui pode-se colocar frieza racional?) e vazia de sentido, embora cheia de esperanças pelos conhecimentos “Celestes”… Eu sou caótico, inconstante, inquieto, atormentado, autodestrutivo, sem importância (mas tenho meu poder, grau. Ah… Geminiano com ascendente Escorpião nunca descansa… Mas nunca explode também)… Meus amigos desaparecem, são frios, e ainda por cima, eu fico sem eles no final… E quanto ao cavalo, hum: _Eu adoro troféus! Quanto mais raros, difíceis de agarrar e de vencer, tanto melhor. E sim, eu sou sádico. :D… Gosto de problema. Quando vem, ele arruma minha vida toda, me faz feliz e útil, quanto maior, melhor… E o resto… Crianças e relacionamentos espinhosos, amo-os e odeio-os, mas sempre no limite.)))

    Me internem :D

  20. Deserto:não está deserto, mais pouco habitado,com areia fina e mudado de lugar,como se os grãos estivessem brincando, formandodesenhos no ar e rindo!!! Eles riem as gargalhadas!
    Cubo: o cubo é pequeno,de cor verdequase transparente,mas metálico e gracioso se deixando fluir ao sabor do vento,mas pisca os olhos como se tudo não passasse de uma grande brincadeira!
    Escada: média, como poucos degraus,meio inclinada, como se estivesse me convidando pra subir.parece com um amigo que tnho!
    Cavalo: Não gosto dele nem ele de mim! Mas sei que posso doma-lo, mas não quero!

  21. Interessante, meu resultado foi:
    Deserto, plano, arenoso, areia quente de cor marrom clara, periodo da tarde…
    1º Cubo apoiado no solo, de vidro maciço, translucido, cerca de 1m³, pesado(logico) tom do azul para o verde, parado.
    2º Escada ao lado esquerdo do cubo, em aspiral, do mesmo material, vertical ao solo, uns 20 degraus.
    3º Branco, galopando (nao correndo), imponente, ao lado direito do cubo, nao distante, nao proximo. Sem acessórios.
    4º Tempestade de chuva, sem vento, alguns raios, atras e no horizonte dos demais elementos, faz contraste com o brilho do sol refletindo pelos objetos translucidos.
    5º A frente dos objetos, diversas cores, plantas baixas (+/- 15 a 20cm), formando um tapete e refletindo nos objetos.

  22. Pingback: i n t e n s i d a d e » Dicas [relacionamentos]


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s