*Hj eu entendo o Garfield, principalmente o seu cinismo com o Odie.
Ganhei uma gatinha no sábado: A Clô, ela tem 2 meses…linda, siamesa e minuscula…Na minha casa, além dos seis habitantes humanos (leãozinho, borboleta, vaquinha – kakaka, porco, elefante e a onça) existe uma canina pinscher. A pandora – minha pinscher vai completar 4 anos e sempre foi a rainha majestosa da casa. Comia bebia e dormia onde queria, nunca teve que se preocupar com afeto e atenção sedo dispersado a outra pessoa, digo bicho e desde sábado ela está assim, no mínimo desconfiada:

Pan: “Minha dona, agora só vive com aquela coisa rabuda no colo… deixa ela morder o cabelo dela, os dedos…quando eu faço isso levo um carão…eu não entendo”
Clô: “Uaaaaahhh… um, dois, trÊs… fiiiiiiiiiiisk”
Pan: “Arf! Que foi isso?! Quê quê essa coisa me fez? Um tapa?! Unhada?! Manhêeee…ela me bateu, olha… caim caim…”
Thahy: “Pannndoraaaa! Deixa a Clô em paz! Ela é uma gatinha linda e bebezinha, vc está assustando ela”
Pan: “caaaimmm…mas mãe, ela mordeu meu rabo…arf! De novo! você viu, você viu?!”
Thahy: “HahAHhaHA… QUE GRACINHA CLÔ! OH MEU DEUSUU! ACHA QUE O RABINHO DA PAN É UM RATINHO, É?!”

Nessas horas a pandora vai pro cantinho desconfiada…mas ela se acostuma… a dona aqui sempre quis ter uma gatinha… e a clô é tão serelepe, nesses cinco minutos já veio aqui no teclado saber que ‘tec tec tec’ era esse, deu um pulo de encontro ao espelho da sala e, no momento está atacando as flores do jarro…

hahahahaha… adoro gatos!

p.s.

clô para o espelho:

-“hmmm…outro gato. me escondo aqui no vaso, ele nao está me vendo. Preparar. isso. alguns segundos… isso, ele nao tira os olhos de mim, mas tem que ser agora. 1.2.3. Fiiiiisk!!!

=BUNK=
-“Miiiiau… ai, minha cabeça, cadê o gato?!”

p.s.2: pandora vendo a cena, do sofá com 1 orelha levantada olhando para mim:
-” e a thahy ri…meu são canim… miar eu sei, mas cortaram meu rabo, que truques eu vou fazer?”

Sinto que minha casa nunca mais será a mesma!

Anúncios