levanto vôo

Sigo rumo ao entardecer
nesses céus alaranjados
passo sobre
prédios
avenidas e
pessoas

Liberdade é voar
preocupar-se somente
com o cair da noite
e me aninhar

Pouso no papel
pego meu lápis
e ponho-me a escrever

Ah! Que maravilha viver
imaginar e
sonhar.

Anúncios