Hoje estou com raiva
Raiva de mim, raiva de como pude ter sido tão burra
tão cega.
Raiva de como deixei minha vida ser transformada num pequeno inferno particular.
Raiva por não ouvir às pessoas ao meu redor. Por cortar laços e ser omissa em algumas relações que eram importantes.
Raiva pela burrice de não dar ouvidos à voz da maioria, raiva por não acreditar nas impressões e opiniões daqueles que me são caros.
Raiva por mentir durante tanto tempo para mim mesma
e mais raiva ainda por acreditar nessas mentiras.

Raiva por não ter seguido meus instintos
raiva por deixar-me levar ora por inocência, ora por inconsequência.
Raiva principalmente por ter me distanciado de pessoas que me eram importantes
por impressões de um alguém que todos receavam.

Raiva por me sentir só
raiva por deixar-me acreditar nisso.
Raiva pelas impressões que esse alguém deixou sobre mim mesma.
Raiva por não conseguir nem chorar, pra desabafar.
Raiva por todo dinheiro que gastei
Raiva pelos favores que fiz
Raiva pelas horas de preocupação que reservei.

QUE SE EXPLODA E QUE VÁ PRA P*TA QUE PARIU, PRA BEM LONGE DE MIM!

Anúncios