aviso: possíveis suicidas de plantão, não levem esse título ao pé da letra 😉

Tem um medo?! Medo de parecer ridículo? 

Receio do que os outros vão pensar, dizer?

Não sabe se o teu gosto vai ser muito bem aceito, se vão te criticar?

Preferes ficar se amargurando, pensando no que poderia ter sido e sofrer do mesmo jeito?

Antes de reclamar, antes de achar que a vida não conspira a teu favor, reflita: será que não estás sempre esperando a oportunidade perfeita, o que é mais cômodo para você? (todo mundo fala da vida de todo mundo…pelo bem ou mal, sempre falarão…)

Se não tomares uma atitude perante tua própria vida, com certeza um outro o fará. Não deixe que ela passe em branco. Mas lembre-se: toda ação gera uma série de consequências. Por isso: ‘conhece-te a ti mesmo’ antes de tomá-las… afinal, o único real responsável pela vida que levas é você mesmo. (ahhh, velha responsabilidade) 😉

Pense, reflita…e se jogue pra vida. Arriscar, mudar, crescer:evoluir. É isso o que conta nessa nossa curta passagem formada por algumas décadas… Todas nossas oportunidades são iguai: afinal temos o tempo exato de uma vida para criá-las e usufruí-las (a vida é mais curta, mais longa para alguns – alguém pensa… mas será que é um diferencial? tempo é relativo, afinal).

– Prefiro ser alegre do que triste. É uma escolha pessoal. e boba, bonachona, divertida, surpreendente: alguns dos meus adjetivos comuns… Mas eu só optei por rir das minhas bobagens, nerdices… me divertir com o bem-estar que o estar de bem comigo mesmo me proporciona… como vivo dizendo: ‘só sabemos que realmente não gostamos de algo, só quando provamos, conhecemos, experimentamos por isso: se joga menino(a)! e assuma as consequências disso 😉

ninguém sabe o que é melhor a não ser você.

Anúncios