Eu gosto de dançar. Mas não sou nenhuma ás da dança – aliás sou bem desastrada pra falar a verdade, levando a alcunha de ‘estataiana’ (estabanada + taiana) quando estive em Salvador [p.s.: saltos e ladeiras não combinam meninas].

Bom, checando minha playlist do mediaplayer me deparo com dezenas de cds de rock, metal, blues, etc e tal… e lá entre eles, perdido o ‘Banda EVA’. Nossa… lembrei dos carnavais ao som da voz da ivete… a máscara de tiazinha e a comédia que era colocar uma lona na pickup, encher d’agua e sair por aí, nos dias de carnaval.

Apertei o play e comecei a dançar, primeiro sozinha na sala de casa. Depois chega o gu e se empolga com a minha empolgação e pede pra fazer cavalinho…

“amaaarrr sem medo de ser felizzz…deixa o coração pedir bis…e quando o eva passarrr… amorrr vem correndo me amarrrrr”

Lembrei das comédias, do meu irmão sambando em plena rua vazia as 5h da manhã ficando louco com pó de guaraná [na época o bixim não conhecia álcool… perdição da vida dele…tsc.]. Da minha maninha 6 anos mais nova p* da vida com as cantadas que a maninha aqui recebia… O ciíume do papis com os três filhos por aí com os primos… As fantasias que usávamos… Lembrei dum fulano, abraçado com um poste, chorando e cantando “Refrão de bolero” dos Engenheiros [até hj não sei o que deu na cabeça dele…] apontando pra mim… lembrei do mico em plena praça quando minha mãe me viu beijando o dito cujo do poste… O suor e a alegria de não parar um minuto em casa, só pela curtição de um carnaval saudável em família…

“dança da manivela…. dança da manivela….”

O susto ao acordar os dorminhocos pela varanda da casa da vó. A pele bronzeada após os dias ininterruptos de procissão carnavalesca. E o cabelo gente? Nossa… meu cabelo é extremamente liso… no carnaval faziam esculturas…também, olha a mistura: água + maisena + espuminha + confete + e outras coisas que caem dos copos dos transeuntes ao redor… O Banho pra tirar o excesso, os porres dos colegas… e as histórias que ficam pra eternidade.

Saudade dessas coisas… Minha família é uma diversão a parte… Por isso: não vejo a hora do carnaval chegar!

“oh leva eu, leva eva… leva também o meu amor…eva eva… e vamos juntos na avenida… é carnaval em salvadorrr’…

Anúncios