deitou pelo sono.

despiu-se da noite

adormeceu vagamente…

não dormira, e mesmo assim

ao abrir os olhos –

a realidade mudara:

tons de laranjas com ecos do pensamento

paisagem onírica sem cheiro ou som

somente impressões

de sua vida desperta.

‘estou sonhando’ – o pensamento ecoou pintado de laranja intenso.

uma nova cena começara:

tons anis e prateados pipocaram ao redor

avistara ao lado

através do espelho alaranjado

a face complementar:

dois ambientes

duas brigas

s i m u l t a n e a m e n t e.

o

cor

riam

despertou.

sonhara ou visualizara

uma possibilidade

da inconstante realidade?

Anúncios