(…)

Estou apaixonado… O quê eu faço, Thahy?
Você deve sofrer…se isolar no teu desespero…. É isso q a paixão faz.

Tire uma lição, quando esse tempo acabar e NÃO subestime a importância desse sofrimento…
Eu ja fiz isso… Não agora, mas antes.

E não quero de novo… Não agora, mas depois.
Então, como acha q posso te ajudar? Eu sou partidária do sofrimento até o último suspiro no fundo do poço e do renascimento para a vida nova… Tal como a Fênix!

Tal qual um Fênix, você sabe que já o fiz.
Mas hoje você é outra pessoa. Então, aquela morte já não é mais tua… É passado, o passado da tua antiga vida…
Agora estou assim. Amanhã sou outra pessoa.
Então por quê te preocupas com uma decisão a tomar? Respire e siga em frente.
Porque dói
Claro que dói! Você está vivo e se importal; é esperado que doa…
Tá certo. Vou viver. Seja nesse sonho, seja numa realidade. Torpe ou não.
Último conselho: tenha muito orgulho das tuas cicatrizes. Não as esconda.
Tenho e nao o faço.
Quê lição tiraste até aqui?
Difícil dizer…
Mas, principalmente, que eu já sei que não sei deixar de compartilhar sentimentos puros e sinceros com alguém.
Pisciano 😉
Sem tirar nem por.

[é amigo… o bom é que as paixões passam

mas a amizade – e aquele choppinho com coxinha de caranguejo – continua no mesmo lugar 😉 ]

[update: incluí as reticências… putz grila como amo reticências…] 

Anúncios