– Abracadabra cabeça de sapo língua de bode e bigode de gato, qro q o Gustavo vire um raio!

*Tziummmmm [menino correndo pela casa eletricamente]*

-Abacadaba pecoço de lato, oleia de cacholo e olho de pato! Qro q a mamãe vire um dagão!

*Zup Zup Zup Rooooarrrrrrrr

[mãe coberta com o edredon, batendo as asas e cospindo fogo]*

Acabada a brincadeira, corri no meu dicionário para compartilhar aqui com vocês o significado dessa palavra.

Esta fórmula foi utilizada durante toda a Idade Média.

Bastaria usar em torno do pescoço esta espécie de filactério, escrito na disposição triangular que se vê abaixo, para conjurar diversas doenças e curar a febre

abracadabra.jpg
Esta palavra viria da expressão hebraica abreg ad hàbra, que significa: arremessa teu raio até a morte. Em hebraico compõe-se de nove letras. A disposição da letra alef sobre a linha esquerda do triangulo desempenhaum papel mágico por sua presença nove vezes repetidas.
A disposição das letras num triângulo invertido dirige para a base as energias do alto, que o talismã pretende captar. Portanto, é preciso entender essa figura como tendo três dimensões: veremo, então, um funil no qual as letras mágicas, correndo enviesadas da parte alta alargada para a parte baixa que se estreita, formam as linhas de força de um poderoso turbilhão; ai das forças do mal por ele tragadas, pois desaparecem para sempre, saindo do mundo da luz para cair num abismo de cujo fundo nada torna a subir.
A fórmula Abracadabra corresponde, nesse espírito, às mesmas preocupações que causaram as invenções dos amuletos, talismãs ou pentáculos: todas elas procuram dar ao homem um sentimento de proteção, colocando-o em harmonia com as leis que regem o mund, e em relação com poderes superiores.
[traduzindo: atire a primeira pedra quem nunca falou um abracadabra quando criança 😉 ]
Anúncios