thahy diz:

cass, onde a tua espiritualidade está ancorada?

cassiano diz:

Nunca pensei nisso.

Espiritualidade,deus, fim, alma.


Sei um pouco sobre essas coisas, me interesso em saber também sobre alguns assuntos relacionados…não posso dizer que não tenho espiritualidade, gostaria de ter um termo interessante para classifica-la.


Minha espiritualidade está na música.

é mais ou menos isso

às vezes não tenho paciência de escutar.

e às vezes tenho necessidade de mergulhar nela.



hmmm… q frase mais perfeita… ‘ minha espiritualidade está na música’

pois entao… hj assisti a um doc. chamado ‘somos todos um’… recomendo

a resposta mais simples… e mais perfeita que ja ouvi…

sabe, qdo conhecemos os nossos demonios…

qdo sabemos o q os limita…

sempre estamos mais proximos do nosso eu


e a vida fica mais fácil.



controle… e permissividade

hj vendo o doc. lembrei logo de vc

bem no comecinho



o que acontece?


falando sobre as pessoas q realmente se importam… elas tem um profundo senso de desgosto

pelo mundo, pelas pessoas…

reconhecem o sofrimento…



eu sinto isso.

acho que muito até.

ver o sofrimento como algo valorizador nem sempre é muito bom.

mas ponderar sobre todas as situações e saber o que dizer, acho que permanecer inabalavel por fora ainda que seja no final do mundo, é mais vantajoso.



sabe cass

acho q hj tomei uma daquelas decisoes…

q acontecem sem a gente se dar conta




eu qro me dedicar a minha vida espiritual

eu lido com tanta pobreza de espirito… de materia…

se nao cuidar disso, vou me deixar contaminar cada vez mais



realmente.

já que gostou da música ser minha espiritualidade

faça sua música tocar mais alto do que o som ambiente.



percebi q as paixoes realmente atrapalham esse caminho espiritual



continue…

(Sempre que falo profundamente com você tenho a imensa impressão de muito a se aprender)

que eu vou aprender muito, quero dizer.



atrapalham…

elas nos impoe limites

preocupações

amarras

eu tenho q decidir o q me prende



diferente da visão que diz que nos traz apoio.



e se o q me prender, for o meu amadurecimento espiritual

terei q aprender a transmutar a paixão

em algo superior

q nao sei o q é



paixão é algo tão tolo…

Não sei o porque mas sinto que cada vez que a paixão florece me sinto mais fraco diante dos meus conceitos.


e transmutar a paixão para mim só existe uma saída, que é a indiferença.

gosto da pessoa e estou com ela, isso me basta.


o meu estar com ela não influencia nas minhas decisões ou em minhas capacidades…fico com ela até o momento em que começo a me sentir sugado, então é hora de pular do navio.



faço isso…

mas reconheço q nao é bom

acho q esse é um caminho para a vida

aprender a aceitar a solitude



Firmeza Thahy, Firmeza.

Punho frouxo não desfere o golpe fatal.


Uma vez quando eu visitei o museu de artes de são paulo vi uma pintura que me esqueci quem pintou.

E nessa pintura tinha uma mulher segurando uma faca no pescoço do amante, o cenário era um quarto luxuoso e a mulher estava vestida e o homem nu havia alguns presentes no chão.


Gustavo , meu amigo, me disse a seguinte coisa.

“amar é estar sempre com a faca no pescoço”



pois é…será q isso é amar?

acho q este é o territorio das paixoes

do desejo

apego



Partindo para uma visão menos comum de amor.

Abel e Caim

Hitler e o amor pela alemanha…



pois entao

para mim isso nao é amor



(a música que eu to ouvindo diz : ” Fale alto mesmo, grite não se importe pra quem ama a distância não é o lance a nossa onda de amor não há quem corte, ah meu amor isso é amor” )

Eu acho que é amor…mas tudo bem.

Continue, por favor.



amor…

é algo q esta contido nas palavras de gandhi…

do luther king…

é algo q dói…e q é um instinto basico do ser humano

nao se explica, nao se limita



“I hurt myself today”




realmente,minha espiritualidade está na música e falando com você eu ouço.


” A maior demonstração do amor é dada somente quando ele acaba”



musica… se fala de amor…e de dor…na mesma proporçao…

e cass… ando tao anti-social…

mais do q de costume

bem mais


qria sentir falta das pessoas, mas nao sinto

aquele vazio, sabe cass

hj tava vendo as revistas aqui em casa

a ‘claudia’


peguei pra ler…

‘q corte combina com o seu rosto’…’temos a bolsa perfeita para o seu biótipo’…’agarre o homem q vc quer pelo planeta no seu horoscopo’


a revista custa 10 reais e é uma das mais vendidas do pais…

no miolo…varias e varias bolsas, vestidos, sapatos… .1.800 reais, 5.300… 800…


poxa… se alguem precisa de uma revista pra ssaber q tipo de corte combina… ou q bolsa escolher…

e se sente bem com algo q custa o salario de muita gente…

nao tenho saco pra essas pessoas



nem eu…

Se arredondar uma quina, ela deixaria de ser uma quina?



deixaria



também acho.

isso é uma daquelas questões de sabedoria exemplar chinesa.

o materialismo é pior do que o consumismo.



sim…

cara..a gente ve uma maré de pessoas que vivem uma vida inconsciente

elas engolem o q a ‘midia’ define como padrao


e se sentem hiper felizes em usar a roupa da moda – que todos usam

por isso ando tao anti-social

cansada das perguntas: ‘poxa, o q vc faz no cabelo? e essa bolsa? ‘

isso anda me irritando demais



é compreensivel

você está com excesso.

quero dizer.

excesso da falta de vida seria um termo bem errado.

mas é isso.



excesso de paparico


cansada das pessoas se surpreenderem comigo




isso

a falsa vida

a vida não vivida e sim arrastada.

aonde as noites não são confusas.


confusão e desespero tem uma grande diferença.


essas pessoas se desesperam a noite

sem ter o que abraçar.


a pergunta é

“o que é que há de errado comigo? por que? por que?”

sem o despero, sua noite deve ser assim…

“gostaria de ter algo agora mas não sei o porque, na verdade sei mas não quero entender…não agora”



sim…

me irrita profundamente as pessoas que tem necessidade de agradar

me desagrada qm qr me agradar




então

agradar alguém é querer criar o vinculo de dependência

nós sabemos que isso dá muito certo em um conceito popular.



mas na vida privada

é uma serie de obrigações e desgastes



sim

não funciona comigo



nem comigo



passei tanto tempo amargurado quando eu tinha pessoas me confortando até perceber que era aquilo que não me deixava crescer.


agradar, ajudar…


a humanidade é o que é graças as difuldades que sofreu, o desenvolvimento vem a partir da dificuldade é um fato…por que interromper esse ciclo criando circulos sociais de otimismo e agradabilidade?

será que nós ficamos tão fracos que já não somos nem um pouco auto-suficiente?



a resposta é sim

sabe, eu SEI q só existe evolução com COOPERATIVIDADE


mas isso nao quer dizer passar a vida sendo poliana e cantando o amor e o sorriso para com todos


é vc respeitar o seu corpo, o seu espaço e o espaço do outro


é saber qual é o teu limite e conhecer o limite do outro


MAS as pessoas acham q ser otimitista e agradável é ser HIPER BONZINHO e amoroso


por ISSO q qm é bonzinho só se fode


nao existe lugar para os bonzinhos bobinhos numa escala evolutiva


São deixados para trás

evidentemente quem é bom não tem qualificação.


O desafio é nos libertarmos do negativo.

é isso que estava cutucando a minha cabeça.


viver sem objetivos é cansativo

tracei um objetivo e me desviei dele.

quero retornar em breve




‘ é preciso compreender o sentido para se conhecer a meta’

[o sentido da existencia]



exato

meu objetivo é conseguir ter paz

e prometi a mim mesmo conseguir através dos meus esforços



paz;;;

o q vc acha q é ter paz?



é não passar pelo que estamos passando agora.

digamos que é “entender a musica”



sei q encontro algo q chamo de paz qdo fico só



é bem isso, algo que eu chamo de paz

eu encontro às vezes junto com as pessoas..


conversas boas, gostosas de se ter…aquelas que despertam a sensação de que eu estou me usando, meu corpo não é só um emaranhado de cadeias carbonicas



nunca encontro junto com as pessoas



passar a mão na cabeça de alguém e sentir que a pessoa gosta

momentos de paz…de serenidade…



acho q a paz tá mais proxima da imobilidade de pensamento… alias, paralisação



para mim é ao contrário

mas para isso é preciso estar bem consigo mesmo.

completamente bem.


é díficil no seu momento né Thahy



muito dificil

por isso to sentindo esta necessidade de espiritualidade


[ele é uma das pessoas mais inteligentes que conheço… com certeza…aprendo muito contigo tb, querido! ]