pq escrevo?

ah, escrevo para me livrar de certos sentimentos.

é uma ‘catarse’ de um certo modo… afinal, quando paro aqui defronte ao pc… vou regurgitando palavras vestidas de sentimentos.. uma suscedendo a outra a fim de formar frases… é quase como produzir um rendado ou uma tela…

nunca sei qual será a ultima palavra de um texto… começo a fazer o tec tac tec no teclado e quando me dou por satisfeita, expirando e inspirando o ar… paro…

tem muita coisa que escrevo com todo o sentimento… ai me arrependo de olhar tao cruamente para as palavras e as apago… outras coisas sao privadas…aqui no blog… outras estao codificadas e só quem é intimo das entrelinhas percebe…

e esta minha necessidade absurda de solidão… nao é solidão, solidão… o termo correto é solitude… ando me aborrecendo demais com futilidades… com banalidades… poxa… vcs ja perceberam a importancia do silencio? como é bom tomar um banho silencioso… lavando o corpo… sentindo a massagem dos dedos pela pele… comer algo em silencio… saboreando as texturas…. ouvindo o som da mastigação…

já existe tanto barulho em tudo… né…

este fds… tinha convites para sair na sexta..sabado…domingo… mas…

preferi curtir minha casa… meus bichos… meus livros… tanta coisa para estudar…

curti tanto o meu baby… ele começou a ler algumas palavrinhas… contamos/interpretamos varias historias… a preferida da vez é a do ‘lobo mau e os tres porquinhos’…

sinceramente nao sei se é ser anti-social ou mais madura…

mas..

bah… outrora volto com outro desabafo [compromissos me chamam 😉 ]

Anúncios