– então eles viveram felizes para sempre!
– e depois?
– depois o quê, gato?!
– ué, depois que o para sempre acaba!
– hmmm… não sei… o que poderia acontecer?
– Ah… do jeito que essa história é melosa, no mínimo a princesa iria enjoar da vidinha pacata e sairia para dar um rolé com o lobo… só pra saber se a fama de mau é real…
– nossa, ela não faria isso… não com o lobo… Agora o príncipe…
– é, tá lembrada que é sempre o mesmo príncipe para todas as histórias, né?! Nem o cavalo ele muda! É sempre o tal cavalo branco, a armadura lustrosa e a espada imponente!
– Rá, coitado! Em tempos como o nosso seria moleza descobrir se o príncipe é um cafajeste! É só googlear ele! Eita, mas aí descobririamos infos sobre a princesa! Imagina a fofoca no chá das cinco? Os comentários sobre a participação dela num video BDSM?
– esse depois é bem mais interessante do que o ‘viveram felizes para sempre’!
– ow se é…
– hmm, PERAE! A Princesa num video BDSM?!… Como você sabe dessas coisas Alice?!
– anh… Só quis dar um pouco de emoção… com certeza um dos dois se cansaria da vidinha pacata e procuraria inovar, né? E tem mais… passar um chifre tá tãaaao fora de moda! Levar um então?! Que coisa mais demodé! E quem falou da vidinha pacata foi você!
– anham…
– ah gato, larga de ser careta… Vou é conversar um pouco com a lagarta… arejar as idéias, talvez descobrir quem eu sou… saca?
– antes ou depois de viver feliz para sempre?
– quando tiver a resposta te conto… deixa eu ir… o nargui… ops, o incenso já tá no fim… ciao!