“para crescer, me olhar,

me sentir, fiquei muito

tempo comigo.

Agora quero mais

É me repartir:

Enjoei de meu umbigo”

[ulisses tavares]

[OLHA! Coloquei uma NOVA poesia, lá no OVERMUNDO ]