Conheci o BLIP.FM semana passada e estou declaradamente apaixonada… [clica na imagem pra ouvir a minha estação]

Vim na estrada, só lembrando das músicas que gostaria de adicionar… sabe… fiquei tão, tão mas tão orgulhosa de ser nordestina…

Deixe-me explicar:

O inverno [época de chuvas] deste ano foi farto… A natureza estava em festa… hiper verde… linda…

Mas, como a época passou… a estrada, os caminhos… voltaram a ser marrom/laranja/amarelo… Seco… Com aquele incrível céu azul-lilás, picotado de nuvens alaranjadas, rosadas… ai.

Então… as cinco e pouquinho… diante de um horizonte onde céu e terra se abraçam… pude observar o nascer do sol… dá a sensação que ele nasce de dentro da terra…onde os raios brotam… em direção aos céus… e a luz se faz…

segue o seco

pude perceber que a natureza está morta somente na aparencia: está amarelada, seca… Mas basta um pouco de chuva… que a lembrança de toda aquela paisagem verde… molhada… com o cheiro tão, mas tão gostoso de terra molhada…volta a ser realidade…

no mp4, começou a tocar “gostoso demais“… na voz da elba… aquele sentimento de familiaridade… das palavras, do som da viola… a dor… a despedida… a vontade de entrega…

“Tô com saudade de tu, meu desejo / Tô com saudade do beijo e do mel / Do teu olhar carinhoso / Do teu abraço gostoso / De passear no teu céu”

Aí lembrei da forma como escrevo aqui no blog… no excesso… o transbordamento de sentimento, carinho… de reticências…

Nossa, deve ser fruto dessa minha raiz nordestina… desse sentimento de morte/vida/renascimento tão presente… desde a natureza… passando pelas pessoas… pelo histórico de descaso, de luta… vitórias… nossa… acho que, se tivesse nascido em outra região… não seria um terço do que sou…

dessa coisa assim gostosa de falar baixim… no cantim do ouvido…

sussurrando palavras tão verdadeiras, tão…

[eu só quero um amor… que acabe o meu sofrer, um xodó pra mim… do meu jeito assim… que alegre o meu viver…]

ain