.’.
“É curioso como não sei dizer quem sou.
Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer.
Sobretudo tenho medo de dizer, porque
no momento em que tento falar
não só não exprimo o que sinto,
como o que sinto se transforma
lentamente no que digo“.
[Clarice Lispector ]
[talvez por isso prefiro escrever-desenhar pra me conhecer… do que conversar sobre quem ‘sou’ ou ‘estou sendo’… costumo experimentar longos e deliciosos silêncios.]