como as moscas conseguem ficar assim?

Pare para pensar e conte quantas vezes você já disse… a frase-chavão amorosa: “precisamos discutir nosso relacionamento!” mais pop de todos os tempos!

Eu [ para falar a verdade ] já perdi as  contas…

Tudo começa como num ritual…

1° momento

Você se olha no espelho e pensa, murmurando hiper magoada:

-”Sim! Mais uma vez ele fez isso! Eu não acredito! Ele não se importa com o que sinto!”

2° momento

A hora mais crítica. Pois é quando você se dá conta das opções que possui:

a. sentir ódio, raiva, chorar as mágoas. rasgar fotos, excluir da vida virtual e não atender ligações.

b. ligar para a(o) sua(eu) melhor amiga(o) para confirmar o quanto o é insensível, podendo até ser confortada, aconselhada e apoiada.

c. decidir ter com o teu a famosa D.R.

Algumas optam agir nas três opções ao mesmo tempo agora

intercalando momentos de profunda melancolia ["a culpa é minha, eu sei...", "porque fui gostar logo Dele?!", "sou muito boba mesmo, como me apaixonei por um nariz?! como?!" ],

com despautérios e meias verdades, tais como:  “desgraçado! canalha! imprestável!”

Outras [mais comedidas] optam somente pela 3° opção, tratando o assunto diretamente com o ser [nessa hora, muitas vezes chamado de verme] em questão…

o pior: dizendo a temida frase: “Precisamos discutir nosso relacionamento!”

3° Momento: Amor, vem cá… Precisamos conversar…

Aqui, queridas, é o momento do xeque-mate…

Você está com todo o seu arsenal de Verdades Absolutas,

tudo AQUILO que ele tem feito de errado,

todas as explicações para deixar bem claro o motivo de sua mágoa.

Você sabe muito bem o que falar, COMO vai falar e QUANDO vai falar.

E ele está ali… Na sua frente. Com aquela cara de bocejo, de quem está esperando mais uma sessão D.R.

Você até espera que ele dê o primeiro passo, que demonstre o mínimo interesse em te agradar… Pedir desculpas… Ou demonstre boa-fé… Afinal: é o relacionamento de vcs, cara! É o amor que sentem um pelo outro que está em discussão, poxa!

Só que… ele não diz nada,

não faz nada… só continua a te olhar com a cara de bocejo…

Você pensa:

“Tá vendo, garota?! Ele não está nem aí!!!”

E começa a bombardeá-lo com todo o seu arsenal. seguindo toda a lógica aristotélica que planejaste na risca, ponderando – ou não- cada vírgula, entonação da voz, etc.etc.

E ele lá, sentado, calado… de vez em quando fala um sim, um não, um grunhido e volta a escutar [ou não]

Depois que você termina a sua explanação e espera um comentário, ele levanta-se e diz:

“Pronto? Posso voltar a fazer o que estava fazendo, ANTES de você me chamar para conversar? “

E você, mais uma vez, pensa murmurando: “De Novo?! Não acredito!!!”

Sim, garotas…

NÓS possuimos uma necessidade incontrolável de colocar para fora tudo o que acreditamos estar afetando nosso relacionamento. Verbalizar e fazer-se compreender pelo ser amado. Para nós, uma palhinha pode ser motivo do próximo incêndio destrutivo no nosso coração.

Fazemos de tudo para evitar que isso aconteça e muitas vezes, não percebemos que dar muita importância a todas as pequenas coisas que acontecem no relacionamento, É a palha que procuramos não deixar de lado.

[Sabia que nós mulheres falamos em média 12.000 palavras por dia e os homens só 3.000?

Que aos 3 anos já aprendemos 3 vezes mais palavras do que os homens?

Que, nós aprendemos a manter laços afetivos pois outrora era de vital importância estarmos em grupo para não sermos atacadas por predadores?

Que para eles, não era benéfico manter laços afetivos, pq isso poderia impedi-los de saírem para caçar ou guerrear?

Que eles foram adaptados para enxergar a saída das situações, e não o seu processo?

Que eles precisam de um momento para "olhar a fogueira com outros caçadores e não dizer/pensar nada" ... hj em dia o "olhar a fogueira" pode ser o jogo de futebol, as pernas das moças na praia e até - até - o jogo no pc...]

As vezes, ele pode estar sisudo ao teu lado na cama, olhando fixamente para o teto, sem olhar para ti.

Passa então, pela tua cabeça coisas do tipo: “o que será que ele tem? Tá tão calado, nem viu que eu acabei de vestir aquela camisola… será que ele está chateado comigo? Mas ele não tem direito! Eu que deveria ficar assim! Ele nem me disse boa noite!”.

Você olha pra ele com aquele olhar fulminante e diz:

“Precisamos conversar! O que você tem? Eu que deveria estar assim! Por isso, isso e isso…”

Enquanto ele [ pobre coitado ] estava concentrado olhando uma mosca no teto e pensando:

“Como as moscas conseguem ficar assim?!”

About these ads

  1. Sinceramente

    quando comecar a namorar entregue este “contrato” pra ela

    aEHIAEuheaIUHEAiuheaiuheaIUEHAiuAEH

    to rindo ateh agoraAA!!!
    muito boa ^^

  2. pensando, eu nunca fiz essa pergunta, mas pensei algumas dessas coisas…
    mas sempre peguei essa mosca em meio ao vôo, lembrando que se o problema parece estar nela, está em mim.

    Então eu e a namo temos meio que DRs ao contrário, onde cada um fala de sí, e o outro ouve. Não lembro de ter trocado acusações, apenas algumas críticas, todas cheias de amor, nenhuma demandando mudança, mas sugerindo algumas coisas para o problema, e isso é muito bom :)

    eu tenho sorte eu acho

  3. Vim lá do “clube dos malvados” só pra ler seu texto! Adorei.
    Tudo bem de não querer ficar falando e tals, mas essa mania que alguns homens tem de se fechar qd acham q alguma coisa tá errada é um saco. Nao tenho bola de cristal, sabe? por que não dizem logo qd algo os perturba???
    Beijos.

  4. Bah, eu achando que tinha algo REALMENTE INTERESSANTE aqui e você me vem com esse papinho-fêmea, Thahy… ¬¬³

    Brinks. xD

    ahuashuhsauhuashusahua
    Ok, Texto bacana, mas eu pensaria no tempo de vida das moscas… =T
    Um dia, imagine só! :O
    Não dá tempo nem pra ELAS terem um DR com os moscos. xDDDD
    (Pensando bem, as moscas seguem o James Dean’s Way of Life: “_Live fast, die young!”) (As moscas tem o segredo da real felicidade…) (Oh, Meu Deus, será que o mundo é das moscas, e nós só somos os provedores de lixo para elas procriarem! :o) (Será a mosca o ser mais perfeito de Deus? ^^) (Não, as moscas fêmeas não tem seios, bundas… As moscas macho não praticam esportes em grupo e não fazem guerras… Sim, somos nós, definitivamente os Donos do Mundo…)

    Desculpa, o texto era sobre quê, mesmo? xD


Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s